OÁSIS

Rabiscos, frases soltas, pensamentos, ideias, aqui encontrarão tudo. Que este local seja um óasis para todos os que passarem por aqui

Nome:
Localização: Lisboa, Lisboa, Portugal

Sou acima de tudo uma pessoa tolerante

2005-10-03

OBRIGADA...



Quero agradecer a todos os que leram o meu post anterior...quer aos que dixaram as suas mensagens com tanto carinho, quer aos que leram e não conseguiram comentar...
Para mim foi muito importante conseguir partilhar convosco esta parte da minha vida, tal como foi receber as vossas doces palavras.
Por vezes fazemos grandes tempestades sem razão nenhuma, outras vezes planeamos a nossa vida como se fosse algo linear...é importante conhecer certas realidades para que possamos aprender que a Vida não são só rosas...
Um grande beijinho em especial à Costinhas por me ter dado forças quer para desabafar sobre este tema quer por divulgá-lo da forma espontânea como o fez!
Obrigada a todos
kikas

25 Comments:

oasis Blogger Ana Santos said...

Olá Sandra,
sou hoje soube a tua triste história, pois estou sem net em casa.
Tenho uma irmã que também perdeu um filhinho aos 6 meses, mas o meu sobrinho ficou estrangulado pelo cordão umbilical quando deu a volta.
acredito que a tua dor nunca passará, pois a minha dor não se compara à tua porque quando perdi os meus bébés eram muito pequeninos, assim já maiorzinhos custa muito mais.
Beijinhos e conta sempre com o nosso ombro amigo.
Ana e tesourinho

1:50 da tarde  
oasis Blogger Mamuska said...

Acredito que embora seja uma dor que nunca passe, tenha ficado bem mais aliviada ao partilhares :)
Beijoss grandess

2:09 da tarde  
oasis Blogger Costinhas said...

Há coisas que simplesmente não se agradecem ok...

Beijos

(mas depois de ter de escrever yavtpgmm para conseguir comentar... acho melhor que agradeças mesmo!)

2:15 da tarde  
oasis Blogger Gina said...

Eu é que agradeço teres partilhado connosco o teu testemunho... a dor de perder um filho é uma dor sem nome, uma dor sem fim! Mas tu provaste ser uma mulher de uma grande coragem! Mostraste que a vida tem que continuar, apesar das marcas profundas que ficam...
Depois de ler o teu post, tenho pensado muito em ti, pois estou a tentar engravidar do segundo filho mas a tua experiência fez-me ver que tudo tem o seu tempo e não vale a pena querer apressar nada...
Um beijinho muito grande!


(vou voltar mais vezes)

2:15 da tarde  
oasis Blogger Ana Luísa said...

Olá Kikas (Sandra!).
Quanto a mim, não precisas de agradecer seja o que for...
Já "basta" tudo aquilo por que passaste que eu, como disse, nem imagino...
Um grd beijinho!

2:17 da tarde  
oasis Blogger Adryka said...

Olá minha querida ainda bem que o fizeste, pois guardar coisas na cabeça só nos faz mal. Beijinhos para ti

2:26 da tarde  
oasis Blogger Mãe Pipoca said...

Bjs grandes.

2:36 da tarde  
oasis Blogger Adryka said...

Querida amiga, só depois de ler este post e comentar é que voltei cá para te dizer: Ó querida amiga desculpa n/ ter vindo cá á mais tempo e deixa-te um grande beijo e dizer-te que és uma grande mulher, conseguiste a felicidade novamente, beijinhos amiga e pensa que apesar da dor deves pensar sempre "Deus escreve direito por linhas tortas"já estava escrito que assim teria que ser. Fica bem minha querida.

2:44 da tarde  
oasis Blogger Xuinha Foguetão said...

Um beijão enorme e boa semana!

2:47 da tarde  
oasis Blogger Clara Sonhadora said...

Minha linda, não tens que agradecer comentários nem gestos. Apenas conta comigo para o que precisares.
Beijos

2:53 da tarde  
oasis Blogger Marta said...

n tens nada q agradecer...abriste uma janela importante na casa da tua vida e foi preciso mta coragem. q esta dor q n se esquece tenha sido um pouco mais aliviada com o desabafar das palavras. um bj grande

2:54 da tarde  
oasis Blogger AnaBond said...

é... há coisas que não são para agradecer.
tonta.

2:54 da tarde  
oasis Blogger Mãezite said...

Não tens de agradecer.
Eu é que agradeço o facto de teres partilhado a tua história.
Beijos grandes

3:06 da tarde  
oasis Blogger Carla Isabel said...

Amiga

A vida é uma caminhada...ás vezes tropeçamos , outras vezes caímos, magoamos os joelhos, saram as feridas...mas a caminhada continua...e o importante é que essa caminhada nos faça evoluir como mulheres como mães como esposas e como filhas...e outros possam seguir o exemplo que vamos deixando!
Obrigada por partilhares connosco esta etapa da tua caminhada!

Bjs

Carla

3:13 da tarde  
oasis Blogger Ana said...

não tens de agradecer sandra..!

Nós estamos aqui para isto..só lamento não ter estado nessa altura mais dificil da tua vida..

Ês sem duvida uma pessoa FANTASTICA!

beijinhos grandes,

ana e susaninha

3:15 da tarde  
oasis Blogger Vilma said...

Não tens de agradecer ...nós é que agradecemos... assim é que deveria ser sempre! Ter algo assim para partilhar faz bem a quem partilha e a quem recebe...:)))

3:15 da tarde  
oasis Blogger Célia Kuesters said...

Não era para agradecer.. os sentimentos que te transmitimos foram com certeza sentidos...
Beijos

4:15 da tarde  
oasis Blogger requiescatinpacem said...

E EU NÃO DIGO NADA!!... PORQUE NÃO SEI O QUE DIZER..
( PORRA NÃO DEVIA TER LIDO O RAIO DO POST)

4:27 da tarde  
oasis Blogger Maria said...

Vim cá dar-te uma beijoka, ainda me arrepio com a tua coragem para falares e guardares dentro de ti durante estes 4 anos, achei lindas as tuas palavras, transmite docura.
Beijokas

10:06 da tarde  
oasis Anonymous Sandra said...

Li agora a tua história que me tocou muito.
A minha prima perdeu a bebé aos 8 meses, ficou enrolada no cordão umbilical quando se voltou.
Se estivesse viva seria da idade da minha. Não fui eu a perder mas tive muito, muito medo de algo correr mal durante o tempo que me faltava.
Também a minha prima recuperou e já está novamente grávida.
Beijinhos

3:58 da manhã  
oasis Blogger PM said...

É a primeira vez que venho aqui a este cantinho... li o post anterior e fiquei sem palavras... de lagrimas a correr pelo meu rosto...
Apenas te queria dizer, Sandra, sinto muito pela tua dor...
Um beijo enorme e um abraço apertadinho

8:59 da manhã  
oasis Blogger Isabel (akombi) said...

olá Sandra

Depois de ler o post de baixo fiquei sem palavras....

Um grande beijinho.

9:03 da manhã  
oasis Blogger Papá Urso said...

:) beijinhos

10:31 da manhã  
oasis Blogger Carla O. said...

Olá Sandra!
Eu sou das que não conseguiu comentar... li e reli... Admiro a tua coragem por teres conseguido lidar com o que aconteceu e por este ano teres conseguido partilhar - é realmente uma boa maneira de espantar os fantasmas.
És definitivamente uma mulher a admirar.
Estive a ler "para trás" e gostei muito. Se não te importares, irei voltando :).
Muitos beijinhos (e toda a felicidade do mundo),
Carla e piscos

11:16 da manhã  
oasis Blogger LP said...

Já tinha lido mas não comentei. Também o que é que se pode dizer? Um beijinho muito grande

12:11 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home